Miami Além das Compras!

Miami é uma das cidades favoritas dos brasileiros há bastante tempo já, e talvez eu esteja até meio atrasada nesse post já que estamos em crise no Brasil e muita gente deixou de viajar. Mas não tem problema, vou comentar sobre alguns lugares de Miami assim mesmo, na esperança de que futuramente esse post seja útil para aqueles que amam viajar e que planejam visitar e revisitar Miami além dos lugares conhecidos para compras.

A Flórida não é lugar favorito só dos brasileiros. Muitos americanos se mudam para o estado da Flórida, especialmente para a cidade de Miami e região depois que se aposentam. A cidade tem um clima favorável durante todo o ano, nada de temperaturas negativas e neve (apesar de que já nevou na cidade, então não se surpreenda muito se acontecer novamente), tem praia, bons restaurantes, bares, enfim, clima de férias o ano todo!

Miami é uma cidade que faz parte do condado de Miami Dade, que inclui várias outras cidades, como Coral Gables e Miami Beach. Miami e região são conhecidos principalmente pela facilidade em fazer compras, devido ao grande número de malls, outlets e lojas de grife. Tanto é que uma das regiões mais conhecidas é o Miami Design District, onde se concentram várias lojas de grife em alguns poucos quarteirões. Entretanto, eu não vim aqui pra falar o óbvio que todo mundo já conhece ou já ouviu falar, mas sim para dar umas dicas de lugares deliciosos e interessantes de visitar. Portanto, dentre as várias regiões da cidade de Miami, alguns bairros ou cidades são os meus favoritos e vou recomendar algumas coisas a vocês.

Os bairros Coconut Grove, Little Havana, Wynwood e Brickell são bairros bem legais de conhecer, além dos bairros mais comuns de se visitar como Downtown e South Beach. Coconut Grove é um bairro criado por artistas, intelectuais e aventureiros e antes de virar um bairro de Miami em 1873, o Coconut Grove era uma cidade que fazia parte do condado de Miami Dade. Esse é um bairro super charmoso, onde tem bons hotéis, bons bares, cafés, restaurantes e butiques. O lugar mais famosinho do Grove é o CocoWalk, que fica bem no encontro das avenidas Grand Avenue e Main Highway, bem no coração do bairro. Lá tem cinema, algumas lojinhas, alguns restaurantes e um Starbuck’s pra quem gosta. O Grove já foi um dos bairros preferidos de diversos artistas, como o Sylvester Stallone e Madonna durante a década de 1990. E é lá também onde fica o famoso museu Vizcaya e o parque estadual Barnacle. Há três restaurantes que eu recomendo no Coconut Grove, que são o Le Bouchon Du Grove, o Bombay Darbar e o Lulu. Um bom lugar para um brunch de domingo é o Berries. E um bom lugar para um hambúrguer com cerveja (inclusive de uma cervejaria de Miami – nunca vou me esquecer daquela cerveja com água de coco) é o Lokal.

Little Havana é um bairro único na cidade de Miami e lá todos falam espanhol e muitas vezes as pessoas falam apenas o espanhol. Já tirei o “portunhol” da cartola para me virar várias vezes por lá! Vale muito a pena gastar uma tarde inteira para conhecer a Calle Ocho (SW 8th Street), suas famosas charutarias e ver o que está passando no Tower Theater, além de almoçar ou jantar em um dos restaurantes mais icônicos da região, o Versailles. Aliás o Versailles é bom a qualquer hora, já que ao lado do restaurante há uma padaria / confeitaria da casa e também uma padaria / lanchonete onde você pode tomar já às 6 da manhã um bom café cubano com folhado de goiabada, ou comer alguma empanada. A tradição é pedir o café pela janela – La Ventanita – e não se assuste, pois com certeza as atendentes (que também falam inglês) irão te atender em espanhol. Obviamente há outros bons restaurantes cubanos no Little Havana também, como o La Carreta.

O Brickell é o centro financeiro de Miami e fica exatamente entre Coconut Grove e Downtown. É também um bairro cheio de bons restaurantes e bares pra conhecer. Em Brickell, sugiro uma visita ao Perricone’s Market Place & Cafe. Boa comida, bom ambiente, aquela ótima combinação mercado + restaurante. Acho que um dos meus estilos favoritos. Falando nesse estilo, a minha próxima sugestão fica pro Graziano’s, em Coral Gables. O Graziano’s tem duas lojas, uma perto da outra, mas a minha favorita é o Graziano’s Marketplace. Só que se você quiser um lugar com um pouco mais sofisticado, o restaurante Graziano’s (também em Coral Gables) é uma boa pedida. Ainda em Coral Gables, o Sérgio’s é uma boa pedida para quando se quer comer uma boa comida cubana na região.

Saindo de Brickell e indo para Downtown, tem o Frost Museum of Science, que eu ainda não tive a oportunidade de ir, mas tenho ouvido falar muito bem de lá. De repente vale uma visita também. Bom, claro que ir a Miami pede uma praia também, né. As praias de Miami Beach são as mais conhecidas, obviamente. Mas um bom lugar para ir é no  Bill Bags Cape Florida State Park. Bom, esse lugar é um parque estadual, então tem que pagar para entrar, a praia é de água quentinha e calma, boa para quem tem crianças e para quem não gosta de muitas ondas. No parque ainda tem um restaurante cubano, em que vale pedir o peixe frito da casa.

Bom, espero que essas dicas sejam uteis para a sua próxima visita à Miami!

By Lalá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s